quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Uníssono

Uníssono
a sonhar com a nota perdida
na calma proporcionada
pelo remoinho dos acontecimentos
é a mesma outra nota que surge
o mesmo novo som
uma oitava acima
quantas oitavas
abaixo
até te tocar
na afinação
dos harmônicos
haveres aprazíveis
em dar-te a pérola
canção que abre mundos
dança o ritmo das potências
rege as distâncias nuas
sublinha o pendor iletrado
que aos poucos nos aproxima.




2 Comentários:

Às 7:05 AM , Anonymous Anônimo disse...

Aqui, tão casado está o som com as palavras que é difícil encontrá-las.

De repente, as reticências foram inventadas para essas horas.

...

Paula Sant' Anna

 
Às 5:25 AM , Anonymous Anônimo disse...

copiei o Uníssono (e outro) para mi menquanto não publica o seu livro, rs.
Bom dia.


Paula Sant' Anna

 

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial